Matéria publicada no Jornal de Uberlândia (MG) em 02/12/1941

“Em nome do governo da cidade, fez uso da palavra o jovem beletrista Rômulo Gonçalves, pronunciando magnífico improviso, cujas últimas palavras desapareceram sob fortes aplausos.” Rômulo tinha 23 anos. Era Chefe de Gabinete do Prefeito de Catalão – Goiás.