Artigo publicado no Correio da Manhã em 21/07/1971.

“O pedido de revogação da prisão foi formulado pelo advogado Rômulo Gonçalves, que arguiu situação idêntica à de outro acusado – Jorge Alberto Bitar – para quem o Superior Tribunal Militar suspendeu o decreto de prisão preventiva que fôra, também, determinado pelo Conselho de Justiça do Exército.”