Artigo publicado no Jornal de Notícias (GO) em 06/07/1958.

“Sempre que valorizamos excessivamente qualquer coisa, mutilamos a verdade em torno dela, adulteramos inteiramente sua função específica e obstruímos nosso entendimento. E assim se perde a serenidade indispensável para a imparcial e justa apreciação. Vejam-se as últimas notícias sobre o futebol. Dilatou-se por tal arte o valor do grande esporte, que as massas entraram em delírio, em espasmos de ansiada loucura. Belíssima válvula de escape dos dias atormentados que vivemos!.”