Artigo publicado no Correio da Manhã (RJ) em 17/10/1964.

“Asim decidiu o STM após leitura do telegrama enviado pelo sr. Rômulo Gonçalves, presidente da OAB, secção goiana, ao ministro-relator Lima Brayner.”