STF Pede ao Planalto Intervenção em Goiás

Artigo publicado no Correio Braziliense (DF) em 30/12/1986.

 

 

“O procurador (geral do Estado de Goiás Rômulo Gonçalves) também critica a decisão judicial, afirmando ter sido ela tomada “após justificação unilateral de posse” feita pelo fazendeiro Miguel Rinaldi. E se referindo à possibilidade de intervenção federal como “violentíssima medida”, afirma que a Justiça local está melhor aparelhada para examinar sua legitimidade e procedência, por estar mais próxima dos acontecimentos, como também ‘pela seriedade ou negligência, que acaso, já venha notando no comportamento do magistrado prolator do despacho ainda não cumprido’.”