Artigo publicado no Correio Braziliense (DF) em 11/03/1986.

 

“O teor de seu discurso surpreendeu ontem as autoridades, políticos e populares que assistiram a posse do professor Servito Menezes Filho na Secretaria do Planejamento e do advogado Rômulo Gonçalves na Procuradoria Geral do Estado.”